Porto de Itaguaí aumenta faturamento com a volta da produção do minério de ferro de Minas Gerais

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 11 de setembro de 2020

No Porto de Itaguaí, administrado pela Companhia Docas do Rio de Janeiro, o retorno das operações da Companhia Portuária Baía de Sepetiba – CPBS da VALE, ocasionado pela volta da produção das minas de minério que atendem ao terminal, proporcionou um acréscimo de 60,82% na movimentação de minério de ferro do terminal. 

A movimentação na CPBS atingiu a marca 6.892 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados pelo superintendente de Gestão Portuária de Itaguaí e Angra dos Reis, Alexandre Neves e estão relacionados ao acumulado até julho de 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo Neves, o incremento da movimentação em referência, impulsionado pela alta do dólar e pelo preço do minério, gerou um acréscimo de 104,22% no faturamento da CPBS no mês de agosto/2020, o que representa R$ 23. 912 milhões, comparado a 2019

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: