Pré-sal bateu recorde de produção pelo segundo mês consecutivo

FPSO P-67

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 02 de outubro de 2020

A produção na camada do pré-sal em agosto alcançou um novo índice histórico, revelou hoje (2) a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

De acordo com o órgão, este foi o segundo mês consecutivo de produção recorde nos poços da área, que totalizaram 2,776 milhões de barris de óleo equivalente por dia durante o intervalo. Deste total, foram 2,201 milhões de barris por dia de petróleo e 91,398 milhões de m3 por dia de gás natural.

Os números de agosto só na camada do pré-sal representam um aumento de 1,4% em relação ao mês anterior e de 14,4% na comparação com o mesmo período de 2019. O recorde anterior havia sido registrado em julho, quando foram produzidos 2,179 milhões de barris de petróleo por dia e 88,88 milhões de m³ de gás natural por dia.

Conforme já noticiamos, a produção total de petróleo (pré-sal e demais áreas) no Brasil ficou praticamente estável no mês de agosto. Segundo o ANP, o país fechou o período com 3,078 milhões de barris por dia produzidos, uma ligeira alta de 0,28% na comparação com o mês anterior. Já o gás natural teve um crescimento um pouco maior – de 2,44% -, fechando o mês com 133 milhões de metros cúbicos por dia.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: