PetroRio inicia produção do quinto poço de Tubarão Martelo na BC

FONTE TN PETRÓLEO – Matéria publicada em 19 de agosto de 2020

Foto: FPSO OSX-3

A Petro Rio informa o resultado positivo da primeira fase da campanha de revitalização do Campo de Tubarão Martelo.

A referida primeira fase da campanha de revitalização previa o workover (troca de bomba submersível) do poço TBMT-2HP e a conexão de um quinto poço produtor (TBMT-4HP) ao FPSO OSX-3, de propriedade da PetroRio.

Em junho de 2020, a Dommo Energia, então operadora do Campo de Tubarão Martelo, divulgou o resultado positivo do workover realizado no poço TBMT-2HP, que elevou a produção do Campo para aproximadamente 7.000 barris por dia.

Concluída esta primeira etapa, foi realizada a conexão do poço TBMT-4HP que iniciou a produção com uma vazão inicial aproximada de 3.000 barris de óleo por dia, elevando, assim, a produção do Campo de Tubarão Martelo para 10.000 barris por dia, ou seja, um incremento de 40%.

A revitalização de campos maduros é parte fundamental da estratégia da PetroRio e tem papel importante na contínua redução do lifting cost por barril da Companhia, no contínuo incremento no fator de recuperação dos campos operados e no contínuo aumento da vida econômica dos ativos.

Tieback de Tubarão Martelo com Polvo

A PetroRio pretende realizar o tieback dos campos de Polvo e Tubarão Martelo em 2021 e estima um Capex de cerca de US$ 45 milhões, grande parte a ser despendido ao longo do primeiro semestre. Adicionalmente, a Companhia planeja aproveitar a ocasião para conectar o poço TBMT-10H, sexto poço produtor de Tubarão Martelo, que poderá demandar um Capex adicional de US$ 20 a US$ 25 milhões.

Por fim, a PetroRio agradece as equipes de ambas as empresas pelo empenho e trabalho realizado durante esse importante período.

Fonte: Redação TN Petróleo, Assessoria

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: