PetroRio anuncia os resultados do segundo trimestre de 2020

FONTE TN PETRÓLEO – Matéria publicada em 04 de agosto de 2020

Foto: Divulgação

“Diante de um trimestre tão desafiador e sem precedentes para produtores de óleo no mundo, a PetroRio teve a oportunidade de firmar-se entre as mais resilientes do setor.

Nosso modelo de negócios foi novamente testado, uma vez que o preço do Brent permaneceu quase dois meses abaixo de US$ 30, entre março e maio de 2020.

Durante este período de adversidade, nosso time respondeu com agilidade, mantendo o foco na saúde, segurança, além da (i) readequação dos custos operacionais e preservação da liquidez, e (ii) captura de sinergias com a incorporação de Frade e Tubarão Martelo. A Combinação destas frentes resultou em uma redução do lifting cost total da Companhia para US$ 13,7, representando uma melhora de 43% vs o ano anterior e 21% vs o 1T20. Reiteramos que a contínua revisão e redução do lifting cost é a melhor e mais importante estratégia de proteção contra a volatilidade de preços do Brent, e continuará sendo nosso pilar para projetos atuais e futuros da Companhia.

Além disso, no início de 2020, a Companhia contratou hedges para 70% de sua carga no semestre. Como resultado, o preço de venda bruto efetivo no segundo trimestre, quando incluído o hedge, atingiu US$ 53,1 por barril.

Tais iniciativas de redução do lifting cost da Companhia, somadas ao resultado das operações de hedge, ajudaram a PetroRio a manter-se líquida e saudável em meio ao impacto do Covid-19 no preço global do óleo e a reportar uma redução na alavancagem (Dívida Líquida/ Ebitda) no segundo trimestre de 2020.

Durante o trimestre, também tivemos êxito na repactuação do Vendor Finance com a Chevron, hoje a maior dívida da Companhia. O novo cronograma de amortização nos manterá mais capitalizados para 2020/2021.

Por fim, apesar destas importantes conquistas e do ótimo resultado operacional, o lucro líquido do trimestre foi impactado por efeitos não-caixa relacionados principalmente à variação cambial. Assim como em períodos anteriores, tais ajustes não trouxeram impactos no caixa da Companhia, uma vez que as receitas e o caixa são predominantemente dolarizados.”

Estamos saindo ainda mais fortes deste período, animados para os próximos meses e muito atentos para saúde, segurança, eficiência e novas oportunidades de negócio. Aproveitamos também para desejar saúde e serenidade para nossos colaboradores, fornecedores e parceiros de negócios.”

 

Fonte: Redação/Assessoria

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: