Petrobrás adia até o dia 31 de agosto a entrega das propostas para o FPSO de Itapu

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 13 de julho de 2020

A Petrobrás confirmou que a ampliou o prazo para a entrega das propostas à Comissão de Licitação para contratação do FPSO de Itapu.

Foram dados mais 42 dias, com a data marcada agora para o dia 31 de agosto. Neste período, serão feitos ajustes no projeto e até mesmo uma possível definição se o FPSO será contratado ou não. Cada participante recebeu um comunicado da estatal informando que o futuro do projeto será definido até essa data.

A notícia do adiamento do prazo de entrega de propostas agravou o clima de preocupação em relação à licitação, porque para elaborar uma proposta são tantos detalhes envolvidos, que o custo de cada uma delas passa de R$ 3 milhões. Por isso, a surpresa. A data de entrega das propostas estava marcada para o dia 27 de julho.

O FPSO que a Petrobrás pede no edital terá a capacidade de 120 mil barris de óleo por dia e comprimir 3 milhões de m³/d de gás. O afretamento tem prazo de 21 anos, e a exigência de conteúdo local mínimo para a conversão está estipulada em 25%.

Uma alternativa estudada pela Petrobrás seria usar a P-71 em Itapu, mas os estudos ainda não indicaram uma conclusão definitiva. A contratação da construção da P-71 foi fechada no final de 2010, no pacote das unidades replicantes. As obras enfrentaram diversos problemas. Hoje, a embarcação passa por obras de integração no Estaleiro Jurong (ES). O início de operação da unidade está programado para 2022.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: