INÍCIO DA PRODUÇÃO NO PILOTO DE LIBRA É MANTIDO PARA 2020

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 20 de setembro de 2016

A Petrobrás aproveitou a divulgação do plano de negócios 2017-2021 para detalhar algumas datas relevantes para o aumento da produção nos próximos anos e a área de Libra entrou na lista.

A previsão da estatal para o piloto de Libra, com início da produção em 2020, foi mantida, apesar de a entrada em operação do Teste de Longa Duração da área ter sido adiada recentemente. O TLD estava previsto para começar ainda em 2016, mas já foi postergado para 2017.

O ano de 2017 também aparece como um marco para o primeiro óleo dos projetos de Tartaruga Verde e Mestiça, no pós-sal da Bacia de Campos, e de Lula Norte e Lula Sul, no pré-sal da Bacia de Santos, enquanto que o início da operação de Berbigão, Lula Extremo Sul, Búzios 1, 2 e 3, todos no pré-sal, está marcado para 2018.

Já a entrada em produção de Búzios 5 e Sépia – ambos no pré-sal –, e do projeto de Revitalização de Marlim (Módulo 1), no pós-sal da Bacia de Campos, tem como meta o ano de 2020.

Além disso, o primeiro óleo do projeto de Revitalização de Marlim (Módulo 2) e do projeto integrado Parque das Baleias – ambos na Bacia de Campos -, além de Itapu e Libra 2, está previsto para 2021.

 

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: