Excedente de óleo da União na partilha cresceu 74% no mês de outubro

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 16 de dezembro de 2020

O boletim mensal da dos contratos de partilha da PPSA, apontam que o excedente em óleo da União aumentou 74% em outubro, em comparação a setembro, registrando uma média diária de 7 mil barris de petróleo.

Desse total, 4 mil bpd   foram produzidos na Área de Desenvolvimento de Mero, 3 mil bpd em Entorno de Sapinhoá e 40,7 bpd em Sudoeste de Tartaruga Verde. O aumento foi resultado da retomada das atividades da Área de Desenvolvimento de Mero, após paradas programadas para troca de uma linha de 8 polegadas para uma de 6 polegadas.  Desde o início da série histórica em 2017, a União acumula 7,2 milhões de barris de petróleo.  A produção total de petróleo em outubro apresentou média diária de 44 mil barris de petróleo nos três contratos, sendo 27 mil bpd na Área de Desenvolvimento de Mero, 6 mil bpd em Entorno de Sapinhoá e 11 mil bpd em Sudoeste de Tartaruga Verde. Desde 2017, a produção acumulada dos três contratos é de 44,9 milhões de barris de petróleo.

Os dois contratos com aproveitamento comercial do gás natural registraram média de produção diária de 111 mil m³ em outubro. Entorno de Sapinhoá produziu 31 mil m³ por dia e Sudoeste de Tartaruga Verde, 80 mil m³ por dia.  A média diária do excedente em gás natural para a União em outubro foi de 15 mil m³ por dia, referente aos contratos do Entorno de Sapinhoá (14.954 m3/d) e Sudoeste de Tartaruga Verde (305 m3/d). O gás natural produzido em Mero, com alto teor de CO2, é injetado no reservatório para aumento da produção de petróleo. Até o momento, não há previsão para sua comercialização.

 

 

Os comentários estão encerrados.

AllEscort