Enauta assume a totalidade de Atlanta e iniciará licitação para contratar novo FPSO do campo

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 21 de dezembro de 2020

Hoje foi o Dia do Fico para a Enauta.

A petroleira anunciou para seus acionistas na manhã de hoje (21) que assumirá a totalidade da participação no Campo de Atlanta, no bloco BS-4 da Bacia de Santos. Olhando para o futuro, a companhia agora se prepara para começar uma licitação visando contratar o FPSO definitivo do campo – que hoje possui um Sistema Antecipado de Produção (SPA) com o FPSO Petrojarl 1. A empresa ainda disse que buscará novos parceiros para desenvolver o campo.

“Atlanta possui 1,3 bilhão de barris de óleo in situ, dos quais apenas 1,25% foram produzidos até agora. Tomamos esta decisão por termos identificado que é possível desenvolver um projeto mais resiliente, capaz de gerar valor mesmo em um cenário de preços de petróleo mais baixos”, explicou o CEO da Enauta, Décio Oddone.

Para lembrar, a Barra Energia, que até então era parceira da Enauta em Atlanta, anunciou em novembro que sairia do projeto. A Enauta, por sua vez, passou pouco mais de um mês avaliando internamente se iria assumir o campo sozinha ou se também abandonaria o empreendimento.

Com a decisão de assumir a fatia da Barra Energia, a Enauta agora depende da aprovação da operação pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Após o aval da ANP, a Barra Energia transferirá US$ 43,9 milhões para a Enauta, referentes às operações de abandono dos três poços e descomissionamento das facilidades existentes no campo.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: