EMPRESAS DEBATEM NOVOS MÉTODOS PARA GERENCIAMENTO DE OPERAÇÕES OFFSHORE EM PAINEL DA OTC

FONTE PETRONOTÍCIAS

Joe

Ao passo que movimenta novos investimentos em eficiência e redução de custos, o mercado global de óleo e gás aposta hoje em novas lideranças.

O momento hoje é de reestruturação para as empresas do setor, que cada vez mais vem adotando gestões técnicas para suas operações e miram a retomado da indústria ao longo do próximo ano. Com essa perspectiva, empresários e acadêmicos vão debater métodos de gerenciamento de atividades offshore em um seminário da OTC, que será realizada em Houston entre os dias 2 e 5 de maio. O encontro irá reunir acadêmicos e executivos de grandes companhias, como a estatal chinesa CNOOC, para debater novas estratégias e sistema que permitam a otimização de operações produtivas. Abordando também os atuais desafios da cadeia global de fornecimento, a palestra será ministrada pelo diretor-executivo do Globalinx Group, Joe Knierien (foto).

O painel, que acontece no dia 2, colocará em pauta a valorização de acumulações marginais por meio da eficiência produtiva. Com a atenção principal voltada ao desenvolvimento de operações marítimas na costa da Indonésia, o tema será discutido por executivos da Pertamina Hulu Energy, com participação de especialistas do Instituto Tecnológico de Surabaya.

Voltado ao desenvolvimento de operações offshore, o encontro também será integrado por especialistas brasileiros. Dois pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) estarão no seminário para falar sobre métodos de avaliação da estrutura de revestimento em campos produtivos. A apresentação será feita em conjunto com um acadêmico alemão da Universidade de Tecnologia de Hamburgo.

Contando também com a presença do consultor independente Roy Robinson, a sessão irá apresentar novos sistemas de combinação para análise de dados de reservas offshore. O tema será avaliado por um representante da CNOOC, que irá palestrar sobre a administração de informações de produção, com foco na experiência em campos marítimos da China.

 

Os comentários estão encerrados.

AllEscort