ARMS ganha contrato para gestão de manutenção no FPSO de Bacalhau

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 27 de novembro de 2020

A japonesa Modec escolheu a empresa ARMS Reliability para auxiliar no desenvolvimento da Filosofia de Gerenciamento de Manutenção de Ativos para o FPSO do campo de Bacalhau, na Bacia de Santos.

Este foi o segundo contrato com esse escopo de atuação que a ARMS firmou com a armadora asiática.

O projeto de quatro fases terá o pontapé inicial com o desenvolvimento de uma Filosofia de Gestão de Ativos baseada na Gestão de Estratégia de Ativos. “Estamos confiantes de que essa parceria ajudará a fortalecer a posição da MODEC como fornecedora líder de soluções de produção flutuante para a indústria e garantirá o valor máximo de vida útil de seus ativos”, comentou a gerente de engenharia de confiabilidade da ARMS, Sarah Beddor.

O FPSO de Bacalhau será capaz de produzir até 220 mil barris de petróleo bruto por dia. O primeiro óleo do campo, operado pela norueguesa Equinor, deve acontecer em 2024.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort