Tráfego no rio Madeira será normalizado

FONTE MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE – Matéria publicada em 24 de agosto de 2016

Foto: Reunião define ações estruturantes. Gilberto Soares/MMA

Reunião realizada pelo MMA define ações para solucionar a travessia de balsas entre o Acre e Rondônia, atualmente afetada pela seca na região.

LUCAS TOLENTINO

O governo federal solucionará os problemas de tráfego fluvial causados pelos baixos níveis do rio Madeira, entre o Acre e Rondônia. Em reunião realizada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), em Brasília, o governador do Acre, Tião Viana, e representantes do Executivo federal definiram ações de curto e médio prazo para resolver a questão.

Para circular entre o Acre e Rondônia por via terrestre, é necessário cruzar o rio Madeira de balsa em um trecho da BR-364 na altura de Abunã (RO). A travessia, no entanto, está comprometida atualmente por conta do forte período de seca responsável pela queda nos níveis fluviais na região. “Houve avanços estruturantes e encaminhamentos extremamente positivos para a questão”, afirmou o secretário-executivo do MMA, Marcelo Cruz.

FRONTEIRA

O governador do Acre comemorou os encaminhamentos positivos para a região, que margeia, também, a fronteira do Brasil com a Bolívia. “Temos um assunto que afeta o transporte boliviano, peruano e brasileiro, a importação e a exportação diante de uma seca tão grave”, alertou Tião Viana. Segundo ele, questões diplomáticas e relacionadas às hidrelétricas em construção na área também serão solucionadas.

O secretário-executivo do MMA ressaltou que a reunião representa o comprometimento do governo federal com a questão. Além do governador Tião Viana e do MMA, participaram representantes da Agência Nacional de Águas (ANA), dos ministérios de Minas e Energia (MME) e de Relações Exteriores (MRE), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ).
Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA): (61) 2028-1227

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: