Petrobrás aumenta oferta de diesel S-10, atendendo meta de combustíveis com baixo teor de enxofre

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 16 de novembro de 2020

A Petrobrás está aumentando a oferta ao mercado de diesel S-10, com baixo teor de enxofre, em linha com a estratégia de produzir combustíveis mais sustentáveis.

Hoje a venda do produto corresponde à metade das vendas totais de diesel da companhia, um crescimento de 131% nos últimos três anos (out/2017 a out/2020). Em outubro, a produção do diesel S-10 bateu recorde pelo quinto mês consecutivo e o volume vendido alcançou a marca de 2,01 milhões de m³, enquanto as vendas totais de diesel ficaram na ordem de 4,0 milhões m³. Além de corresponder ao aumento da demanda por derivados de baixo teor de enxofre, os números refletem os esforços para ampliar a oferta do produto menos poluente, em substituição ao diesel S-500.

“Estamos ampliando a produção do Diesel S-10, que tem dez partes por milhão de enxofre, em detrimento do Diesel S-500. Esse movimento está em linha com nossa busca constante por produtos mais eficientes e com menos impacto ambiental. Investimos em transformação digital e inovações nas nossas unidades de refino para atuarmos com mais competitividade e entregando produtos de melhor qualidade”, disse a diretora de Refino e Gás da Petrobrás, Anelise Lara.

A estatal afirmou ainda que o aumento da produção de diesel S-10 é resultado das ações de otimização de processo das refinarias e do trabalho em confiabilidade do parque de refino com reflexo positivo na disponibilidade operacional das unidades. “Um exemplo prático é o uso de tecnologias associadas à Inteligência Artificial, como o Digital Twins (gêmeos digitais), que tem contribuído para melhoria do planejamento e para a tomada de decisão nas operações. Por meio de uma representação rigorosa e integrada dos processos de uma refinaria, são utilizados simuladores que permitem explorar as condições operacionais ideais que levam à máxima rentabilidade dos ativos, permitindo otimizar a produção em tempo real”, disse a companhia, em comunicado.

As ações comerciais e logísticas também estão contribuindo para as movimentações e o escoamento do produto no mercado. No último trimestre, a companhia aumentou a capacidade de entrega de diesel S-10 nos mercados de São Paulo e do Centro-Oeste e realizou uma operação pioneira de envio até a base de Brasília do Oleoduto São Paulo – Brasília (OSBRA).

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: