ANP determina redução da mistura de biodiesel ao óleo diesel, mas Abiove garante normalidade em 2021

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 08 de outubro de 2020

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) anunciou que as estatísticas atualizadas do complexo soja para 2020 e as projeções de novos recordes de produção, processamento e exportações em 2021.

Além disso, elevou a estimativa desse ano para uma produção ainda maior do que o previsto nas divulgações anteriores, totalizando 125,8 milhões de toneladas, com processamento de 44,6 milhões de toneladas nesse ano. Mas, a ANP determinou a redução temporária do percentual de mistura obrigatória do biodiesel ao óleo diesel dos atuais 12% para 11% no bimestre de novembro e dezembro: “A medida é necessária para dar continuidade ao abastecimento nacional, uma vez que a oferta de biodiesel para o período citado poderia não ser suficiente para atender à mistura de 12% ao diesel B, que vem sendo bastante consumido, apesar da atual situação de pandemia.”

A ABIOVE diz que essa crescente demanda pelos produtos do complexo soja nos mercados interno e externo também contribuirá para o aumento de produção no próximo ano. A projeção é de crescimento de 4,7% na produção, chegando a 131,7 milhões de toneladas de soja.  A produção de farelo de 2020 deve chegar a 33,9 milhões de toneladas nesse ano e a projeção para 2021 é de 34,6 milhões de toneladas. Para o óleo de soja, a ABIOVE estima produção de 8,9 milhões de toneladas este ano e 9,1 milhões no ano que vem.  Com o início da safra em janeiro e a projeção de novos recordes em 2021, o suprimento do mercado interno será normalizado.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: