Rodrigo Maia teria recebido R$ 350 mil em casa, segundo delator

FONTE JORNAL DO BRASIL – Matéria publicada em 17 de abril de 2017

Foto: Dinheiro teria sido entregue na casa de Rodrigo Maia. Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

Pagamento em espécie teria sido feito em 2008 a pedido de Cesar Maia

O ex-executivo da Odebrecht João Borba Filho, em delação feita ao Ministério Público, afirmou que o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teria recebido pessoalmente, em 2008, R$ 350 mil em espécie. O dinheiro teria sido entregue na casa do próprio deputado.

O repasse teria sido feito a pedido do ex-prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia, pai de Rodrigo. De acordo com ele, o recurso seria distribuído para o partido Democratas. Borba Filho ressaltou que recebeu um pedido para viabilizar um acordo que havia sido fechado entre Odebrecht e Cesar Maia. O chefe de gabinete do então prefeito do Rio teria dito que a entrega deveria ser feita a Rodrigo Maia.

O delator explicou que o pagamento seguiu a linha dos outros feitos pela companhia, com pedido de senha para que a entrega fosse feita. Ainda de acordo com a delação de Borba Filho, ele também teria repassado R$ 500 mil para a campanha de Cesar Maia ao Senado em 2010.

Por meio de sua assessoria, o presidente da Câmara disse que recebeu apenas doações legais. “Todas as doações que recebi foram solicitadas dentro da legislação, contabilizadas e declaradas à Justiça, em cumprimento à lei eleitoral. O processo vai comprovar que são falsas as citações dos delatores. Eu confio na Justiça, no Ministério Público e na Polícia Federal, e estou seguro que os fatos serão esclarecidos, e os inquéritos, arquivados”, afirmou Rodrigo Maia.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: