MULTAS DA RECEITA CONTRA ENVOLVIDOS NA LAVA-JATO SOMAM R$ 15 BILHÕES

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 09 de fevereiro de 2017

Políticos e empresários envolvidos nos escândalos da Petrobrás vão ter que sacudir os bolsos quando a nova cobrança da Receita Federal chegar: serão R$ 15 bilhões.

O montante representa a soma de todas as atuações realizadas pela entidade até o final de janeiro. Além disso, o valor leva em conta as atuações futuras, com base em descobertas feitas por um grupo especial que investiga os crime tributários de desvios na Petrobrás.

Mas esse valor poderá ficar ainda maior, já que o Fisco ainda não está considerando as revelações da tão aguardada e temida delação dos 77 executivos da Odebrecht. As multas para as empresas totalizaram R$ 4,3 bilhões. Já as punições aplicadas a políticos e familiares somam R$ 239 milhões.

Enquanto isso, a multa para estaleiros e empresas afretadoras de plataformas chegaram a R$ 3,8 bilhões. Por fim, ex-executivos da Petrobrás, como Paulo Roberto Costa (foto) e Nestor Cerveró, terão que desembolsar R$ 1,8 bilhão. O tamanho da roubalheira é tão sem precedentes, que fez com que a Receita desenvolvesse um sistema especial para organizar as informações sobre os crimes da Lava-Jato contra o Fisco.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: