Sindicato e empregadores conversam com mediador sobre greve de petroleiros na Noruega

FONTE REUTERS – Matéria publicada em 19 de julho de 2018

Foto: Sonda de petróleo offshore deixa Skipavika, Noruega 01/04/2018 REUTERS/Gwladys Fouche

Por Lefteris Karagiannopoulos

OSLO (Reuters) – Um mediador indicado pelo Estado está conversando com donos de plataformas e um sindicato norueguês para tentar acabar com uma greve de quase 1,6 mil petroleiros no país, mas ele alertou que ainda é cedo para dizer se a disputa poderá ser resolvida.

O sindicato norueguês Safe intensificou na segunda-feira uma greve que começou em 10 de julho sobre salários e pensões e planeja ações adicionais que podem até afetar as operações de uma embarcação no Reino Unido. O impacto sobre a produção de petróleo da Noruega tem sido limitado até agora.

O mediador Carl Petter Martinsen disse, no entanto, que, apesar de falar para ambos os lados, era cedo demais para dizer se o fim da greve estava próximo.

“Uma solução depende de as partes estarem dispostas a dar algo uma à outra”, disse Martinsen à Reuters.

“Eu tenho alguns contatos com eles, mas se estamos mais perto de uma solução, eu não posso dizer por enquanto.”

Ele disse que não havia reuniões planejadas entre o Safe e a Associação Norueguesa de Armadores. As partes não conversam diretamente entre si desde o início da greve.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: