Shell reconhece redução de até US$ 4,5 bilhões no valor de seus ativos de óleo e gás

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 21 de dezembro de 2020

A petroleira Shell declarou hoje (21) uma revisão para baixo no valor de seus ativos de óleo e gás entre US$ 3,5 bilhões e US$ 4,5 bilhões após ajustes contábeis realizados ao longo deste ano.

A empresa disse que a baixa se deve a prejuízos no campo Appomattox, no Golfo do México dos EUA, fechamentos de refinarias e contratos de gás natural liquefeito (GNL).

A empresa também anunciou que espera que sua produção de petróleo e gás na divisão upstream fique em torno de 2,275 a 2,350 milhões de barris de óleo equivalente por dia no quarto trimestre, ligeiramente mais alta do que no terceiro trimestre. Já a utilização das refinarias deve variar entre 72% e 76% da capacidade no trimestre, ainda refletindo o impacto da menor demanda por conta da pandemia.

Os resultados do último trimestre do ano de 2020 da Shell serão divulgados no dia 4 de fevereiro. Um pouco depois, no dia 11, o CEO Ben van Beurden revelará a estratégia de longo prazo da petroleira para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e expandir seus negócios em energia de baixo carbono e eletricidade.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: