Petróleo aprofunda perdas com dados de estoques dos Estados Unidos

FONTE JORNAL DO BRASIL – Matéria publicada em 26 de outubro de 2016

Os barris de petróleo negociados em Londres e Nova York registram desvalorização nesta quarta-feira (26), levando os preços a patamares mínimos em três semanas.

O mercado especula sobre a possibilidade do acordo entre Rússia e países da Opep para cortar a produção da commodity não se concretizar, e aguarda os dados oficiais sobre as reservas de crude dos EUA, divulgados no início da tarde desta quarta-feira.

Na véspera, o American Petroleum Institute (API) apontou para uma alta de 4,8 milhões de barris de crude nos estoques da semana passada, acima dos 2 milhões de barris projetados por analistas, e uma alta de 1,7 milhão de barris nas reservas de gasolina. Destilados, por outro lado, tiveram queda de 900 mil barris.

Às 9h16, o barril de Brent para dezembro negociado na International Exchange Futures (ICE), em Londres, tinha queda de 1,36%, a US$ 50,10. O barril de WTI para entrega em novembro, negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, tsofria desvalorização de 1,40%, a US$ 49,26.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: