Petroleiras atentas com os desdobramentos da tempestade tropical Beta

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 21 de setembro de 2020

Não anda nada fácil a vida das petroleiras com operações nos Estados Unidos.

A temporada de furacões no Atlântico ganhou um novo capítulo: a tempestade Beta, que se formou na baía de Campeche e que deve inundar a costa do Texas durante toda a semana, de acordo com o Centro Nacional de Furacões. Algumas petroleiras já adotaram algumas medidas enquanto outras seguem atentas para acompanhar os desdobramentos do fenômeno natural, que deve chegar à costa nesta noite.

A Shell, por exemplo, interrompeu parte da produção e começou a retirar trabalhadores da plataforma de Perdido, no Golfo do México nos Estados Unidos, de acordo com um comunicado da empresa no final de semana. Enquanto isso, outras petroleiras como BP, Hess Corp. e Murphy Oil estavam monitorando as condições durante o final de semana.

A produção de petróleo offshore no Golfo do México, que foi reduzida várias vezes nos últimos meses devido a furacões e tempestades anteriores, está produzindo 10% menos do que o normal, de acordo com último relatório do Departamento de Segurança e Fiscalização Ambiental (BSEE, na sigla em inglês). Essa redução percentual equivale a cerca de 179.000 barris por dia.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: