Pela primeira vez, a Marinha dos Estados Unidos entrega o comando um navio nuclear para uma mulher

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 23 de agosto de 2021

A capitã Amy Bauernschmidt se tornou a primeira mulher a liderar um porta-aviões nuclear na história da Marinha dos Estados Unidos.

Ela foi recém-nomeada comandante do Abraham Lincoln, uma máquina de guerra americana. Bauernschmidt, que anteriormente atuou como Oficial Executivo de 2016 a 2019, substituiu o capitão Walt Slaughter durante uma cerimônia de mudança de comando em San Diego. Ela estava no posto de comandante da doca de transporte anfíbio de San Diego. “Não há maior senso de responsabilidade do que saber que foi confiado a você o cuidado das pessoas que escolheram proteger nossa nação”. Obrigado, capitão Slaughter, por me entregar o melhor navio da frota”, disse Bauernschmidt durante a cerimônia.

Abraham Lincoln deixou a Base Naval de Norfolk, Virgínia, seu porto anterior, em abril de 2019 e – após sua implantação ter sido prorrogada duas vezes – chegou ao seu novo porto doméstico, em Coronado, em janeiro de 2020.

A Marinha anunciou em dezembro de 2020 que Bauernschmidt havia sido escolhida para comandar o Porta Aviões. Depois de se formar na Academia Naval dos Estados Unidos em 1994, Bauernschmidt se tornou piloto de helicóptero e foi designada para o Esquadrão Anti-submarino Light 45 de Helicópteros, o “Wolfpack”, em San Diego. Ela também serviu no contratorpedeiro John Young, que deu apoio às operações de interdição marítima no norte do Golfo Pérsico.

 

As atribuições subsequentes incluem servir como piloto instrutor e oficial de garantia de qualidade com os “Seahawks” em San Diego, e como consultor militar sênior do Gabinete de Assuntos Globais da Mulher no Departamento de Estado dos Estados Unidos. Esta não é a primeira turnê de comando de Bauernschmidt. Anteriormente, ela serviu como comandante do Esquadrão 70 de Ataque Marítimo de Helicópteros e da doca de transporte anfíbio de San Diego. Ao todo, ela acumulou mais de 3.000 horas de voo durante sua carreira.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: