OPEP FECHA ACORDO PARA LIMITAR PRODUÇÃO DE PETRÓLEO A PARTIR DE NOVEMBRO

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 29 de setembro de 2016

A indústria mundial de petróleo pode voltar a sonhar com preços altos do barril no mercado internacional.

Depois de muitas discussões, polarizações e encontros, finalmente a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) chegou a um consenso sobre o estabelecimento de um teto para a produção de seus países-membros.

O acordo foi fechado em Argel, na Argélia, e pegou quase todo o setor de surpresa, já que havia muitas discordâncias entre a Arábia Saudita, o maior produtor do grupo, que teve um déficit público de US$ 98 bilhões em 2015, após as quedas drásticas do barril desde 2014, e o Irã, que vem aproveitando com todas as energias a queda das sanções internacionais e busca um crescimento acelerado de sua produção.

Apesar destes interesses divergentes, os 14 países participantes da Opep conseguiram estabelecer como meta a redução da produção total do cartel para uma faixa entre 32,5 milhões e 33 milhões de barris de petróleo por dia, ante uma média atual de mais de 33,2 milhões – ainda em crescimento.

A negociação está sendo vista como uma vitória para o mercado internacional, e é o primeiro acordo do tipo desde 2008, mas ainda precisa ser melhor detalhada. A definição do montante máximo a ser produzido por cada país será feita na próxima reunião da organização, em novembro.

 

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: