Obras de conclusão do gasoduto Nord Stream 2 podem ser retomadas ainda este mês

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 01 de dezembro de 2020

A empresa Nord Stream 2 AG que opera a construção do oleoduto Nord Stream 2 planeja retomar o trabalho de colocação de tubos neste mês de dezembro.

A construção do gasoduto que vai ligar a Rússia com a a Alemanha pelo mar Báltico, está parado a 150 quilômetros do território alemão, devido a pressões norte americanas, que não quer que a Europa receba uma quantidade maior de gás da Rússia.  Em um comunicado, a empresa diz que “Estamos planejando retomar o trabalho de assentamento de tubos usando um navio ancorado na zona econômica exclusiva da Alemanha este ano. Mais tarde iremos nomear o navio que está planejado para ser usado.”

O operador do gasoduto Nord Stream 2 tem potencial para concluir o projeto em meio a sanções dentro de alguns meses, dependendo de vários fatores, disse Aleksey Grivach (foto a direita), vice-chefe do Fundo Nacional de Segurança Energética: “Não vai demorar muito. Restam apenas 150 km de tubos para serem colocados para completar as duas pernas. Acho que isso pode levar entre algumas semanas e alguns meses. Eles têm todas as capacidades técnicas necessárias. E a empresa os mobilizou 24 horas por dia, 7 dias por semana, nos últimos dois anos ou talvez mais.”  O tempo de conclusão depende das condições climáticas e da tecnologia escolhida pela empresa.

Um prazo semelhante foi expresso por outro especialista, o analista líder de petróleo e gás, Dmitry Marinchenko. Para ele, a conclusão e o lançamento do projeto seriam teoricamente possíveis antes do final do primeiro trimestre de 2021: “Em tese, alguns meses serão suficientes para concluir a construção e lançar o projeto. Ou seja, existe a possibilidade de [concluí-lo] antes do final do primeiro trimestre.

Em sua opinião, a determinação de concluir o projeto neste momento específico provavelmente estaria ligada à atual transferência de poder nos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, “algumas dificuldades logísticas ou legais de última hora não podem ser descartadas. Dizer que todos os riscos de sanções foram neutralizados só será possível depois que o projeto for adiante.”

Para lembrar, o projeto Nord Stream 2 contempla a construção de duas colunas de gasoduto com capacidade total de 55 bilhões de metros cúbicos por ano da Rússia à Alemanha através do Mar Báltico. O gasoduto está 93% concluído até o momento. A construção foi suspensa no final de 2019, quando a empresa suíça de tubos Allseas interrompeu as obras devido às sanções dos Estados Unidos e retirou seus navios.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: