NOVO ATAQUE A OLEODUTOS OBRIGA NIGERIANOS A REDUZIR PRODUÇÃO PARA 700 MIL BARRIS POR DIA

FONTE PETRONOTÍCIAS – 2 de agosto de 2016

Um grupo rebelde formado por militantes nigerianos atacou um gasoduto operado pela Shell da Nigéria.

Um  outro gasoduto também  foi atacado por supostos militantes na região do Delta do Níger, sul do país, de acordo com um comunicado de imprensa da Shell. Este é o último de uma longa série de ataques de instalações de petróleo e gás na região ao longo dos últimos meses. Muitos dos ataques foram reivindicados pelo grupo do Delta do Níger Avengers, mas eles não são o único grupo militante na região. Esta última explosão na Trans Ramos Pipeline, perto Odimodi, ainda não foi reivindicado por qualquer grupo.

Os ataques reduziram a produção de petróleo do país para  cerca de 700.000 barris por dia. A  Nigéria chegou a produzir  2,2 milhões de barris por dia.  A Trans Ramos Pipeline transporta petróleo para Forcados Terminal e foi fechada desde o vazamento na linha de exportação em 14 de Fevereiro de 2016.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: