Jatos russos fazem manobras “inseguras” perto de destróier dos EUA, diz autoridade norte-americana

FONTE DEFESANET – Matéria publicada em 17 de fevereiro de 2017

Vários aviões militares russos chegaram perto de um destróier da Marinha dos Estados Unidos no Mar Negro em 10 de fevereiro, em incidentes considerados “inseguros e pouco profissionais”, disse uma autoridades dos EUA nesta terça-feira.

O Ministério da Defesa russo afirmou que não ocorreram tais incidentes.

“Não houve incidentes de qualquer tipo em 10 de fevereiro relacionados a voos de jatos militares russos no Mar Negro perto do destróier Porter da Marinha dos EUA”, disse um porta-voz do Ministério da Defesa russo, major Igor Konashenkov, segundo agências de notícias russas.

Mas o capitão Danny Hernandez, porta-voz do Comando Europeu dos EUA, citou três incidentes distintos envolvendo aviões russos e USS Porter. Um deles envolveu dois jatos Su-24 russos, outro um Su-24 separado e o terceiro um IL-38.

“O USS Porter questionou todas as aeronaves e não recebeu resposta”, disse Hernandez. “Esses incidentes são preocupantes porque podem resultar em acidentes ou erros de cálculo”, acrescentou.

Os incidentes envolvendo o Su-24 foram considerados inseguros e pouco profissionais pelo comandante do Porter por causa de sua alta velocidade e baixa altitude, enquanto o IL-38 voava a uma altitude excepcionalmente baixa, disse Hernandez.

O caso se repete!

Publicado: 15 de Abril, 2016

SU-24 da Rússia fazem manobras de “ataque simulado” perto de destróier dos EUA [Link]

 

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: