Agência de notícias alerta que governo sírio continua a vender petróleo para organização terrorista

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 09 de novembro de 2020

Uma grave denúncia vem da Síria: a agência de notícias Anadolu (AA) revelou que o regime do presidente Bashar Al Assadm, sancionado pelos Estados Unidos, continua fornecendo petróleo para a organização terrorista separatista YPG/ PKK.

O grupo terrorista continua usando os recursos petrolíferos do regime de Assad. De acordo com dados coletados pela agência de notícias, a organização terrorista compra uma média de 500 caminhões de petróleo por dia para a região do regime de Assad. No mês passado, foram mais de 15.000 caminhões de óleo.

De acordo com a “Lei César de Proteção Civil para a Síria”, assinada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em 21 de dezembro e que entrou em vigor em 17 de junho, existem sanções para as relações comerciais com o regime. A dificuldade de se conseguir petróleo, faz com, que o regime sírio compre petróleo do grupo terrorista. Até o momento, o governo americano, ainda muito envolvido na confusa eleição no país, ainda não se pronunciou.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: