VOLUME EM RESERVAS COMPROVADAS CRESCE NA RÚSSIA MESMO COM MAIORES NÍVEIS DE EXTRAÇÃO

FONTE PETRONOTÍCIAS

Serguêi

O ritmo de descobertas de novas reservas de petróleo tem sido muito mais intenso do que as explorações dessas áreas, como mostra uma declaração do ministro de Recursos Naturais da Rússia, Serguêi Donskoi.

De acordo com ele, o país conta com 14 bilhões de toneladas de petróleo comprovadas, volume bastante superior as 10,6 bilhões de toneladas estimadas em 2010, mesmo com um ritmo de extração que chega a 534 milhões de toneladas por dia.

O setor passa por por uma situação peculiar, com o custo do barril muito abaixo do valor que vinha sendo negociado na última década. Com isso, a exploração em áreas que apresentam maiores dificuldades logísticas, técnicas mais caras e questões do tipo acabam sendo preteridas, sendo mais interessante manter esses ativos no solo até uma recuperação da commoditie.

O ministro afirmou que este volume é capaz de suprir as necessidades russas por petróleo pelos próximos 28 anos, o que não significa que as reservas secarão ao fim desse prazo. Novas descobertas seguem sendo feitas e, de acordo com uma avaliação do ministério de Recursos Naturais, o país ainda tem 29 bilhões de toneladas de reservas recuperáveis, além das reservas de xisto que podem vir a ser exploradas.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort