Transpetro ameaça novamente deixar Porto de Cabedelo e Docas se reúne com Petrobras e ANP

FONTE PORTOS E NAVIOS – Matéria publicada em 15 de setembro de 2016

A presidente da Companhia Docas, Gilmara Temóteo, afirmou que a Transpetro continua com a tentativa de sair do Porto de Cabedelo e destacou que reunião realizada ontem, quarta-feira (14), com o novo presidente da Petrobras, Pedro Parente, e com o diretor de abastecimento da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Allan Kardec Duailibe Filho, seria para impedir a retirada do abastecimento do porto.

Gilmara explicou que constantemente vem fazendo gestão junto com a Petrobras e a ANP para acompanhar e com antecedência destinar outras opções para a Paraíba.

A justificativa utilizada pela Transpetro é de reduzir os custos com os navios que seriam levados a Suape e então o deslocamento até a Paraíba feito por meio de rodovia. Com isso Cabedelo perderia por ano R$ 40 milhões e diminuiria a atuação do porto em 45%, além de aumentar o tráfego na BR 230 e subir os preços dos combustíveis de 10 a 15%.

A Paraíba já sofreu com o desabastecimento do porto no final de 2015 e início de 2016.

 

Fonte: Paraiba.com

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: