SINOPEC REGISTRA QUEDA DE 30% NOS LUCROS EM 2015 E PLANEJA NOVOS CORTES

FONTE PETRONOTÍCIAS

Sinopec

O baixo preço do barril de petróleo vem afetando empresas do mundo inteiro ao longo dos últimos meses, e a crise se reflete hoje no resultado de grandes empresas da cadeia de óleo e gás.

A Sinopec, maior refinaria da China, divulgou nesta terça-feira (29) o seu balanço de 2015, apresentando uma queda de 30% em seu lucro líquido, que ficou na marca dos US$ 5 bilhões. Com o faturamento em baixa diante do cenário de baixos investimentos, a empresa somou receita de US$ 311,28 bilhões, valor que representa redução de 29% na comparação com o ano anterior.

Com uma crise ainda sem data certa de vencimento, a companhia hoje contabiliza o saldo negativo em meio a uma redução das demandas. Ao longo do ano passado, a produção total de petróleo recuou 1,7%, somando 471,91 milhões de barris de óleo equivalente. A produção de diesel, por sua vez, teve queda de 5,7%, chegando a 70,05 milhões de toneladas.

A atividade de refino da Sinopec, no entanto, cresceu 0,5% em 2015, atingindo o volume de 236,49 milhões de toneladas. Com o cenário de baixa movimentação e a previsão de que o petróleo deverá continuar em níveis baixos ao longo de 2016, a empresa anunciou um corte de 10,6% em seus gastos de capital previstos para este ano, que deverão ficar na casa dos US$ 15,4 bilhões.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort