Saipem assina com Petrobras contrato para o pré-sal no campo de Búzios no valor de US$ 325 milhões

FONTE TN PETRÓLEO – Matéria publicada em 06 de julho de 2020

A Saipem assinou um contrato com a Petrobras para a instalação de sistema submarino de riser para atender o pré-sal no campo de Búzios, em uma lâmina d’água de 1.537 a 2.190 metros.

O sistema de produção de Búzios-5 prevê a ligação de 15 poços ao FPSO em duas fases. O projeto vencedor da Saipem inclui engenharia, compras, construção e instalação (EPCI) e Steel Lazy Wave Risers (SLWR) nas linhas de fluxo entre todos os poços e o FPSO. A estrutura inclui cinco risers de produção e cinco injetores e linhas de fluxo com um comprimento total de 59 km, uma linha de exportação de gás de 16 km de extensão a ser conectada a um gasoduto existente, 11 jumpers rígidos e 21 estruturas submarinas de fundação (risers e PLETs).

A Saipem usará o FDS, seu navio de posicionamento dinâmico, para todas as obras submarinas.

“Búzios é um dos maiores campos de petróleo em águas profundas do mundo e é muito importante para a Saipem -participar de um projeto tão significativo para o Brasil, um país em que temos uma presença e histórico de projetos executados com sucesso há muito tempo”. comentou Francesco Racheli, diretor de operações da divisão de E&C Offshore da Saipem. “Essa nova aquisição combina com eficiência recursos internos e ativos apropriados para realizar esse ambicioso empreendimento e reforça nossa reputação como fornecedora global de soluções valiosas em um país que oferece grandes oportunidades. Esperamos trabalhar juntos com a Petrobras para desenvolver ainda mais os recursos do Brasil e garantir a realização segura e oportuna de toda a produção total do campo”.

Fonte: Redação TN Petróleo/Assessoria

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: