Repsol amplia na Bolívia usina que fornece gás ao Brasil

FONTE: GASNET

Expansão custou 650 milhões de dólares e elevará produção de 10 a 15 milhões de metros cúbicos diários de gás natural

A espanhola Repsol inaugurou no dia 1º de outubro de 2013 a ampliação de uma usina de gás no sul da Bolívia que, a um custo de 650 milhões de dólares, permitirá ampliar a produção de gás destinada à Argentina e ao Brasil, informou uma fonte oficial.

A ampliação possibilita o megacampo de Margarita-Huacaya elevar a produção de 10 a 15 milhões de metros cúbicos diários de gás natural (mmcd), informou a petroleira estatal boliviana YPFB em um comunicado.

A petroleira boliviana explicou que “o aumento na capacidade de poços e processamento de gás natural permitirá cobrir com amplitude os requerimentos do mercado interno e do Brasil e da Argentina”.

A Bolívia exporta atualmente uma média de 30 mmcd ao Brasil e 15 mmcd à Argentina. La Paz busca novos mercados e a renovação do contrato com o Brasil de fornecimento de gás, que termina em 2017.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: