REINO UNIDO ANUNCIA NOVO LEILÃO PARA LICITAR 159 BLOCOS DE PRODUÇÃO ONSHORE

Andrea Leadsom the new Minister of State for Energy and Climate Change visited Apache in Kingswells, Aberdeen. Picture by KENNY ELRICK 21/05/2015

FONTE PETRONOTÍCIAS

Andrea Leadsom the new Minister of State for Energy and Climate Change visited Apache in Kingswells, Aberdeen. Picture by KENNY ELRICK     21/05/2015

Andrea Leadsom the new Minister of State for Energy and Climate Change visited Apache in Kingswells, Aberdeen.
Picture by KENNY ELRICK 21/05/2015

A retomada dos investimentos vem sendo o foco central da indústria de óleo e gás, e o cenário hoje não é diferente para o Reino Unido.

Nesta semana, o governo britânico anunciou a realização de sua 14ª Rodada de Licitações para áreas de produção e planeja oferecer um total de 159 blocos onshore no certame, que ainda não conta com data definida. A rodada, que deve acarretar em novos aportes na indústria da região, tem como objetivo impulsionar os índices produtivos em campos da Plataforma Continental do Reino Unido (UKCS).

O novo leilão foi anunciado em comunicado pela U.K.’s Oil & Gas Authority (OGA), órgão responsável pelo segmento no governo britânico. No total, os blocos ofertados serão incluídos em 93 licitações, das quais 75% serão relativas a campos de óleo ou gás de xisto.

A expectativa do segmento é de que a rodada de licitações permita o avanço da produção em diversos prospectos ainda pouco explorados, que devem passar ainda por novos testes antes de iniciarem suas operações. Para isso, as companhias vencedoras também deverão apresentar seus planos de desenvolvimento, licenças ambientais e garantias de segurança.

“Em paralelo aos campos convencionais de perfuração, nós precisamos avançar com o gás de xisto”, afirmou a ministra de Energia do Reino Unido, Andrea Leadsom (foto). “Agora é o momento de pegar impulso e dar início à exploração para que nós possamos determinar quanto gás de xisto há e quanto dele podemos usar.”

Os comentários estão encerrados.

AllEscort