Qualidade diferenciada de combustível marítimo da Petrobrás faz empresa bater novo recorde de exportação do produto

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 06 de junho de 2020

A Petrobrás volta a bater o recorde na exportação de óleo combustível em maio. Superou em 10% a marca anterior, atingindo 1,11 milhão de toneladas.

A quantidade exportada de óleo combustível foi 231% superior ao volume exportado em maio do ano passado. A empresa lembra que no dia 1º de maio deste ano, entrou em vigor a nova especificação mundial dos combustíveis marítimos (IMO 2020), que reduziu de 3,5% para 0,5% o limite de teor de enxofre no óleo combustível, o que tem gerado uma oportunidade única para a Petrobrás, que produz petróleo e óleo combustível com baixo teor de enxofre.

O recorde das exportações ocorre em um período desafiador da economia mundial com redução da demanda global por petróleo e derivados ocasionada pela pandemia do COVID-19. Em um comunicado, a empresa diz que “A estratégia de diversificação dos destinos das exportações de óleo combustível tem se mostrado eficaz na captura de maior participação no mercado externo. O recorde alcançado reflete o resultado das ações tomadas durante a crise para retornar a produção da área de Exploração e Produção e readequar as cargas de refino focando nos produtos que maximizam a margem da companhia sem pressionar os estoques”.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: