PRODUÇÃO DA OGPAR EM TUBARÃO MARTELO TEM QUEDA DE MAIS DE 15% EM FEVEREIRO

FONTE PETRONOTÍCIAS

Tubarao

O aumento de 6% registrado pela OGpar em janeiro deste ano, quando chegou a 283.838 barris de petróleo, foi apenas um ponto fora da curva.

Em fevereiro, a companhia voltou a registrar baixa na sua produção, ficando em 240.849 barris, queda de mais de 15%. Os números são referentes à produção do Campo de Tubarão Martelo.

O ativo agora se junta ao campo de Tubarão Azul, ambos sem produção. Em setembro do ano passado, a empresa interrompeu suas atividades no campo de Tubarão Azul, decisão que teve como objetivo reavaliar a viabilidade financeira do empreendimento. Na última segunda-feira (14), a OGpar anunciou a interrupção da produção no campo de Tubarão Martelo.

Os motivos alegados pela OGpar são os mesmos para ambos os campos, em medida temporária que deverá se estender por um ano e busca reavaliar a viabilidade econômica do empreendimento. A companhia agora aguarda a aprovação do Programa de Desativação das Instalações (PDI) e da Garantia de Desativação e Abandono do Campo.

Na sequência, a OGpar terá até 60 dias, antes do término do prazo da suspensão, para apresentar estudos para o redesenvolvimento da área. Em comunicado, a petroleira afirmou que a paralisação deverá permitir “avaliar a melhor maneira de retomar a produção do referido campo, considerando a utilização de novas tecnologias e viabilidade econômica do ativo”.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort