Petroleiros de São Paulo entram em greve contra leilão do pré-sal

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

São Paulo – Funcionários de refinarias e prédios administrativos da Petrobras e de subsidiárias de São Paulo entraram em greve hoje (17), por tempo indeterminado, contra o primeiro leilão do pré-sal, previsto para segunda-feira (21).

De acordo com a assessoria de imprensa do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro), os terminais terrestres de Barueri, Guararema, Paulínia e São Caetano do Sul são alguns dos afetados pela greve no interior do estado. Eles são administrados pela subsidiária Transpetro, funcionam como entrepostos para os diferentes modais de transportes (que podem ser aerovias, dutos, ferrovias, hidrovias e ferrovias), e são responsáveis pelo armazenamento e estocagem de petróleo e derivados, de biocombustíveis e de gás.

Nesta tarde, os petroleiros participarão de um ato contra o leilão, no bairro Paraíso, zona sul da capital. A concentração será às 17h na Praça Oswaldo Cruz.

Procurada pela Agência Brasil, a Petrobras não se posicionou a respeito da greve até a publicação desta matéria.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: