PETROBRÁS NOTIFICA SCHAHIN PARA RESCINDIR CONTRATO DE SONDA

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 01 de novembro de 2016

A Schahin pode ter seu último contrato de sonda com a Petrobrás rescindido. A estatal já notificou a empresa, por contra dívidas dela com a petroleira, com o objetivo de romper a contratação da sonda Vitória 10.000, que opera perfurando poços no pré-sal da Bacia de Santos atualmente.

A questão se deu porque a Schahin não teria pago valores referentes a financiamentos obtidos no passado pela Petrobrás para a construção da sonda, que deveriam estar sendo quitados hoje. O montante não pago é da ordem de US$ 3 milhões.

Caso a rescisão seja efetivada, a Schahin terá mais um grande problema nas mãos, já que a receita da sonda é parte das garantias dadas pela empresa em seu processo de recuperação judicial, tendo como credores diversos bancos.

A Schahin possuía seis contratos de sondas com a Petrobrás, mas, após o início dos problemas financeiros trazidos com as investigações da Lava Jato, a empresa perdeu cinco destes acordos com a estatal, por ter paralisado as operações alegando falta de recursos.

A sonda Vitória 10.000 é também parte principal em uma série de denúncias averiguadas pela Lava Jato. De acordo com as investigações e delações premiadas, o contrato de R$ 1,6 bilhão, fechado entre a Petrobrás e a Schahin para a operação da unidade, teria sido fechado em meio a um esquema de corrupção envolvendo o PT e o empresário José Carlos Bumlai, assim como o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, atualmente preso em Curitiba.

No final da tarde desta terça-feira(1), a Schahin divulgou a seguinte nota:  “A Schahin reforça o diálogo permanente com a Petrobrás desde o início da contrato. O objetivo é ajustar pendências mútuas e normais que ocorrem entre as partes e que, aliás, estão sendo resolvidas como sempre foram.”

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: