Petrobrás espera assinar venda de refinarias em 2021 e concluir negociação da RLAM em até dois meses

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 31 de julho de 2020

A Petrobrás declarou em seu relatório financeiro que espera assinar até o primeiro trimestre do ano que vem a venda da maioria de suas refinarias que estão em processo de desinvestimento.

Além disso, a estatal também acredita que poderá concluir definitivamente essas transações ainda em 2021.

Por conta da pandemia do coronavírus, a petroleira se viu forçada a prorrogar o prazo as para ofertas vinculantes relativas às refinarias, mas disse que espera “retomar essa fase nos próximos meses”. Como se sabe, a Petrobrás está vendendo metade de seu parque de refino – o equivalente a oito plantas. Uma delas, a Landulpho Alves, na Bahia, já tem seu processo de venda bem encaminhado.

O presidente da empresa, Roberto Castello Branco, afirmou nesta sexta-feira (31), em teleconferência com investidores, que espera concluir a transação em um ou dois meses. No mercado, o que se comenta é que o fundo soberano da Abu Dhabi Mubadala fez a melhor proposta pela planta.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: