P-55 deixa o Rio Grande para explorar petróleo no Rio de Janeiro

FONTE: CENTRAL SUL DE JORNAIS

564 - 10

 RIO GRANDE – Plataforma P-55 é mais uma gigante a deixar Rio Grande, no sul do Estado. A comunidade rio-grandina e visitantes aproveitaram a manhã ensolarada deste domingo (6) para conhecer a estrutura, que estava sendo construída no Estaleiro Rio Grande – ERG1 pela Quip S/A.

O trabalho de desatracação teve início na madrugada e por volta das 8h20min, os rebocadores começaram a movê-la do ERG1, pelo canal, em direção aos molhes da Barra. Foram envolvidos na manobra inicial, nove rebocadores portuários e um offshore – o Normand Mariner, que irá conduzi-la até o destino final, com três rebocadores oceânicos.

A petroleira chegou no município no início de 2012 e agora ruma a caminho do Campo de Roncador na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. A expectativa é de que o trajeto dure no mínimo duas semanas.

Para acompanhar de perto a movimentação da gigante, a equipe de reportagem pegou carona em uma das lanchas da Praticagem. Logo após, se dirigiu na unidade móvel para os Molhes da Barra, onde pessoas de várias localidades esperavam para conhecê-la.

Silma Ilha estava no local para pescar, quando viu a movimentação dos rebocadores. “É muito interessante e diferente”, disse ela com relação ao encontro inesperado. Maria Lucia Mendes Costa conheceu de perto a segunda plataforma. “Vale a pena acordar bem cedo, não tem explicação”.

Jorge Ferreira lamentou a despedida. “É uma pena, mas uma hora ela tinha que ir embora”, disse ele fazendo referência a P-55. O casal Sônia Souza e Arildo Joni de Souza se deslocou de Pelotas especialmente para ver a petrolífera. “Uma das soluções para nossa região, um investimento desse porte traz esperança para a miséria que vemos pelas ruas”, disse Arildo.

Antônio Carlos Coelho, esposa e filhos saíram de Pelotas sem ter certeza de que veriam a P-55. “Nós resolvemos arriscar porque lemos na reportagem que ela poderia sair no domingo”. Ele ainda destacou a importância do Polo Naval. “Eu soube que a cidade prosperou muito com esses investimentos e tomara que continue assim porque todos nós ganhamos”, concluiu.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: