OEA apoia países que vetaram acolher navios das Malvinas

Para ele, que está no Chile em visita, o gesto é “uma boa mostra de solidariedade continental”.

Em sua opinião, o gesto desses países não representa uma tentativa de “multilateralizar o tema das Malvinas”, uma vez que é “um tema argentino e britânico”.

“O que os países estão pedindo não é nada mais do que está pedindo a Argentina, que faça uma negociação, como disse a presidente” Cristina Kirchner, avaliou.

Insulza sustentou que a unidade regional vai para além do gosto de um determinado governo, uma vez que a América Latina passa “por um período de afirmação interna e de altos graus de unidade”.

 

Os comentários estão encerrados.

AllEscort