Novo lote de quase 100 mil testes de detecção da Covid-19 chega à Petrobras

FONTE TN PETRÓLEO – Matéria publicada em 24 de junho de 2020

A Petrobras contratou esta semana um lote de 98 mil testes do tipo rápido para a detecção de Covid-19 entre todos os colaboradores da companhia.

Com isso, a empresa ultrapassará nos próximos meses os 300 mil testes deste tipo, incluindo os exames já realizados. Esse modelo tem sido utilizado como triagem no pré-embarque para plataformas e estendido ao pré-turno nas refinarias, usinas térmicas e unidades de tratamento a gás, entre outras instalações, o que abrange 100% das unidades operacionais.

Este tipo de exame detecta a presença de anticorpos no sangue e, portanto, é útil para identificar pessoas que possam estar com uma infecção ativa há alguns dias (IgM positivo), porém sem manifestação de sintomas, assim como aquelas que possam ter tido uma infecção assintomática no passado (IgG positivo).

Além da realização de testes rápidos, a Petrobras testa também todos os colaboradores com suspeita, com o exame RT-PCR, e é uma das primeiras empresas brasileiras a realizar esse duplo procedimento em larga escala. A estratégia de testagem segue as recomendações das autoridades sanitárias e órgãos reguladores. Até setembro, a companhia terá contratado 305 mil testes rápidos e outros 26 mil do tipo ‘padrão ouro’ (RT-PCR), quando uma amostra é testada em três diferentes reações para validação dos resultados.

Doações

Em paralelo à prevenção e ao monitoramento do novo coronavírus em suas instalações, a Petrobras também estruturou outra força-tarefa em prol da sociedade. Como importante prestadora de serviços essenciais, a companhia doou 600 mil testes para diagnóstico de Covid-19 ao Sistema Único de Saúde (SUS), distribuídos para hospitais públicos e filantrópicos em todas as regiões do país. E mais de R$ 30 milhões têm sido direcionados para doações de combustíveis, itens de higiene e equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras, luvas, óculos e aventais. A Petrobras também criou uma Frente Científica para desenvolver pesquisas e soluções tecnológicas que possam ajudar no combate à doença.

Fonte: Redação/Agência Petrobras

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: