ISRAEL TRIPLICA ESTIMATIVAS DE POTENCIAIS RESERVAS PARA PRODUÇÃO DE GÁS NATURAL

FONTE PETRONOTÍCIAS

Yuval

Em um momento de novas descobertas offshore, as perspectivas são de crescimento para a indústria israelense de óleo e gás.

Segundo o ministro de Energia de Israel, Yuval Steinitz (foto), as estimativas das reservas em potencial do país já triplicaram, atingindo a marca de 2,1 trilhões de m³ de gás natural, frente aos 680 bilhões de m³ calculados previamente. Apenas os campos de Leviathan e Tamar, localizados a cerca de 47 km entre si no Mar Mediterrâneo, já somam uma produção total de até 950 bilhões de m³ de gás natural.

O novo volume para potencial de extração, estimado pela consultoria francesa BeicipFranlab, vem sendo apresentado pelo governo em reuniões com empresas do setor. Os dados apontam que o solo oceânico de Israel conta com quatro camadas que têm estruturas geológicas indicando potenciais novas reservas de gás. Segundo o estudo feito pela companhia, as estimativas para produção de petróleo chegam a 6,6 bilhões de barris no país.

A expansão da indústria israelense de óleo e gás vêm atraindo atenções para novos negócios, e pode impulsionar investimentos partindo do Brasil. Em entrevista recente ao Petronotícias, o diretor da Associação de Empresas da Indústria de Exploração de Petróleo e Gás de Israel, Uri Aldubi, afirmou que as novas descobertas abrem espaço para a chegada de companhias brasileiras no país, que vem crescendo no segmento e caminha para se tornar o principal fornecedor de gás à Europa.

No início deste mês, o governo de Israel anunciou o primeiro contrato de fornecimento no campo de Leviathan, em acordo fechado no total de US$ 1,3 bilhão junto à israelense Edeltech e seu parceiro turco Zorlu Enerji. O projeto prevê o repasse de 6 bilhões de m³ para duas usinas que serão construídas pelas empresas.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort