HALLIBURTON AMPLIA CORTES E ANUNCIA DEMISSÃO DE 5 MIL FUNCIONÁRIOS

FONTE PETRONOTÍCIAS

Davi

Com as demandas encolhendo em um mercado em crise, as fornecedoras da indústria de petróleo vivem hoje um cenário de grandes cortes.

É o caso da Halliburton, que anunciou nesta semana a demissão de mais 5 mil funcionários em suas operações globais, o que representa uma redução de 8% em seu quadro de empregados. A empresa, que hoje detém o posto de segunda maior prestadora de serviços do setor no mundo, já soma agora um total de 29 mil demissões desde o final de 2014.

Os novos cortes vêm após a companhia liderada pelo CEO David Lesar (foto) registrar um prejuízo de US$ 28 milhões no quarto trimestre de 2015, com uma queda de 42% nas receitas. O resultado negativo, impulsionado principalmente pela queda nas atividades do mercado norte-americano, levou à demissão de outros 4 mil funcionários ao longo dos últimos meses.

Diante da derrocada do preço do barril de petróleo e a perspectiva de recuperação apenas a médio prazo, os cortes vêm se agravando em toda a cadeia de óleo e gás. No último ano, a indústria global de petróleo cortou mais de US$ 100 bilhões em investimentos e uma soma de mais de 250 mil empregos.

 

Os comentários estão encerrados.

AllEscort