Fornecedora britânica da OGX, de Eike, deixa de receber US$ 27 mi no 3º tri

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

Com o caixa em situação crítica, a OGX, petroleira de Eike Batista, deixou de pagar US$ 27 milhões no terceiro trimestre para a empresa britânica Ensco. No segundo trimestre, outros US$ 18 milhões não foram quitados, segundo a companhia com sede em Londres.

A companhia britânica também fez provisão de US$ 11 milhões no trimestre, para o caso de um calote da petroleira. Procurada, a empresa brasileira não se pronunciou.

A OGX contratou duas sondas da fornecedora, a Ensco 5002 e a Ensco 5004.

Segundo a Ensco, o seu resultado no período foi afetado negativamente principalmente por causa desses dois itens.

O rombo da OGX, que deve entrar com pedido de recuperação judicial nos próximos dias,chega a R$ 10,8 bilhões (equivalente a US$ 5 bilhões), segundo reportagem publicada pela Folha no dia 17.

As principais dívidas da empresa são US$ 3,6 bilhões para os detentores dos bônus no exterior (“bondholders”), US$ 1 bilhão para a OSX e US$ 400 milhões em atrasados para fornecedores.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: