‘Forbes NY’: Barclays rebaixa previsão de crescimento do Brasil mais uma vez

FONTE JORNAL DO BRASIL

AtivosQueda de 4,9% no terceiro trimestre sobre os investimentos em ativos fixos foi maior do que as estimativas do mercado.

Matéria publicada na Forbes NY, nesta sexta-feira (4), comenta que a Barclays Capital, disse na quinta-feira (3) que o crescimento econômico do Brasil será pior do que o esperado ha apenas dois meses atrás, acompanhando seu mais recente índice de -3,1% em comparação com uma estimativa anterior de -2,8%.

Segundo a reportagem, a economia do Brasil continua sendo a das mais decepcionante em quatro grandes mercados emergentes. A desvalorização das moedas do Brasil e da China colocaram sua economia de joelhos, e ainda ha quem diga que o pior ainda pode estar por vir. A agência BarCap, de Bruno Rovai disse que os riscos descendentes continuam. Ninguém ousa investir nestes mercados atualmente.

O PIB do quarto trimestre contraiu 1,4%, um pouco melhor do que as previsões de declínio de 1,6%. A maior parte era devido a uma queda nos investimentos em ativos fixos, como estradas e pontes, e os gastos públicos como as medidas de austeridade continuam produzindo seus efeitos.

A queda de 4,9% no terceiro trimestre sobre os investimentos em ativos fixos foi maior do que as estimativas do mercado; e o mesmo vale para a despesa pública, que obteve queda de 2,9%. Os brasileiros estão gastando menos, é claro. O consumo das famílias caiu 1,3% em relação ao terceiro trimestre e as importações diminuíram muito mais do que o previsto, com  5,9% trimestral em relação às previsões de uma queda de 0,7%.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort