FIRJAN PARTICIPA DA OTC 2016 BUSCANDO ATRAIR INVESTIMENTOS PARA SETOR DE PETRÓLEO DO RIO DE JANEIRO

FONTE PETRONOTÍCIAS

Eduardo

HOUSTON – A delegação brasileira que embarcou para a Offshore Technology Conference (OTC), iniciada nesta segunda-feira (2), em Houston (Texas), inclui diversas empresas do setor de óleo e gás além de entidades que representam a indústria nacional, como Organização Nacional da Indústria de Petróleo (Onip) e Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP).

Buscando atrair investimentos exclusivamente para o Rio de Janeiro, o Sistema Firjan também está participando do evento.

Na próxima quarta-feira (4), o presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira (foto), fará uma palestra na Câmara de Comércio Brasil-Texas, durante a Bratecc Offshore 2016, evento paralelo à OTC voltado para o mercado nacional, com palestras de representantes da indústria nacional, como Magda Chambriard, diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, , Jorge Camargo, presidente do IBP e André Araujo, presidente da Shell Brasil.

O cenário adverso para empresas do setor de óleo e gás no Brasil reforça a necessidade de empresas nacionais investirem no mercado estrangeiro, como destacou a gerente de petróleo, gás e naval do Sistema Firjan, Karine Fragoso. “O petróleo é um produto que tem um enorme potencial para a exportação, além de carregar uma cadeia produtiva gigantesca, que já está instalada no país. São empresas brasileiras e estrangeiras que escolheram o Brasil para suas operações e para instalar seus centros de pesquisa”, disse.

A Firjan vem trabalhando por mudanças regulatórias para exploração de petróleo no Brasil, como o fim da obrigação do operador único para a exploração do pré-sal. A medida visa atrair novos players para a indústria, destravando investimentos para exploração de petróleo, o qual 80% das reservas ficam no Rio de Janeiro, representando mais de 30% do PIB do estado.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort