Estatal diz que falha humana tirou Marina do ar na TV Brasil

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

Canal do governo não exibiu entrevista de ex-senadora anteontem

A EBC (Empresa Brasileira de Comunicação) disse ontem que uma falha humana impediu a retransmissão pela TV Brasil do programa “Roda Viva”, que teve Marina Silva como entrevistada.

Anteontem à noite, no início do programa, a emissora afirmou ter enfrentado problemas no Rio que tiraram do ar a programação com a possível candidata à Presidência.

O sinal é enviado pela TV Cultura, em São Paulo, à TV Brasil para a retransmissão em rede nacional. A Cultura disse que seu sinal foi gerado e distribuído normalmente.

Segundo a EBC, que administra a TV Brasil, houve falha humana no “acionamento do código que faz o alinhamento do sinal”, no Rio. Um técnico não teria conseguido sincronizar a transmissão, e a emissora optou por exibir o programa ontem, às 22h.

“Assim que tudo foi resolvido, 17 minutos depois do início do programa, a diretoria de conteúdo e programação da emissora tomou a decisão de exibi-lo na íntegra hoje [ontem], no mesmo horário”, afirmou a EBC.

A emissora decidiu, então, reprisar para a rede o programa protagonizado pelo artista plástico Nuno Ramos.

Em 2008 ocorreu caso semelhante, quando a TV Brasil não transmitiu o “Roda Viva” que entrevistou o delegado Protógenes Queiróz, responsável pela Operação Satiagraha, que prendeu o banqueiro Daniel Dantas. Na época, a emissora disse que houve equívoco de responsáveis pela programação.

À Folha a ministra Helena Chagas (Comunicação Social), que preside o conselho da EBC, disse que não houve intervenção do Planalto.

Ela afirmou ainda que a TV Brasil tem autonomia na escolha e na transmissão de seu conteúdo. O conselho da empresa, conforme informou à reportagem, não tem qualquer influência sobre essa questão.

“Fiquei sabendo do ocorrido depois de matérias na internet”, disse a ministra.

O deputado Walter Feldman (PSB), aliado de Marina, disse que “não há por que suspeitar de motivação política” no caso.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: