Contra leilão de Libra, petroleiros acampam em frente ao prédio da Petrobras, no Rio

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

Petroleiros ligados ao Sindipetro-RJ (Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro) montaram acampamento em frente ao prédio da Petrobras, no centro do Rio, para protestar contra o leilão do campo de Libra, no pré-sal.

A disputa está marcada para o dia 21 de outubro.

O acampamento, batizado de “Ocupa Petrobras”, foi montado dirante a tarde desta terça-feira (24). Vinte pessoas estão no local.

Quatro barracas de acampamento e uma kombi dão suporte à ocupação, que tem integrantes de outros movimentos sociais, como o Fist (Frente Internacionalista dos Sem Terra) e a CSP-Conlutas (Central Sindical Popular).

Segundo os petroleiros, o protesto não tem data para acabar. A principal reivindicação é que a exploração e produção de petróleo seja 100% estatal.

Eles pedem ainda a volta do monopólio da Petrobras. O secretário geral do Sindipetro-RJ, Emanuel Lacerda, afirma que a presidente Dilma Rousseff, ao fazer leilões de áreas do pré-sal, estaria descumprindo uma promessa de campanha, de não “privatizar o pré-sal”.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: