CONSELHO DO FMM APROVA R$ 1 BILHÃO PARA CONSTRUÇÃO DE PSVS DA BRAM OFFSHORE

FONTE PORTOS E NAVIOS

O Conselho Diretor do Fundo da Marinha Mercante aprovou prioridade de R$ 1,014 bilhão para a Bram Offshore.

O montante é referente à construção de seis PSVs 4.500 (cascos NAV 145, NAV 146, NAV 147, NAV 148, NAV 149 e NAV 150).

A decisão, válida pelo prazo de 120 dias, foi tomada na 31ª reunião ordinária realizada no último dia 14 de abril e publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (4).

Na ocasião, o conselho também concedeu à Saam Smit Towage Brasil prioridade de R$ 172,77 milhões para construção de seis rebocadores portuários de 70 TTE cada. Outros R$ 97,3 milhões foram aprovados para a Bertolini construir 33 barcaças graneleiras (tipo racked) de 2.530 TPB. A mesma empresa recebeu prioridades de R$ 50,3 milhões, para construção de 17 barcaças graneleiras tipo box de 2.672 TPB, e de R$ 14,25 milhões fabricação de dois empurradores fluviais de 1.800 BHP. As prioridades concedidas às duas empresas têm validade de 360 dias.

Leia também: Conselho do FMM aprova R$ 1,6 bilhão em prioridades

Na mesma reunião, o CDFMM concedeu R$ 17,98 milhões em prioridade para Log-In realizar serviços de docagem e reparação de um porta-contêineres Log-In Jatobá, de 2.808 TEUS. A prioridade também é válida por 360 dias contados a partir da publicação da resolução.

O conselho também indeferiu o pleito de concessão de prioridade de apoio financeiro do Fundo da Marinha Mercante à empresa Terminais Ponta Negra Ltda que pretende construir um estaleiro no município de Maricá (RJ), no valor total solicitado de R$ 2,28 bilhões.

Por Danilo Oliveira
(Da Redação)

Os comentários estão encerrados.

AllEscort