COMPLEXIDADE DA VENDA DE GASODUTOS FAZ PETROBRÁS PUBLICAR NOTA AO MERCADO

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 31 de outubro de 2016

A venda da Nova Transportadora do Sudeste (NTS) para a companhia canadense Brookfield, por sua complexidade, exigiu que a Petrobrás enviasse   uma nota ao mercado com esclarecimentos sobre alguns pontos da negociação. O envio foi feito nesta segunda-feira (31).

O valor total da transação de US$ 5,19 bilhões representará uma entrada de caixa de US$ 4,34 bilhões e US$ 850 milhões em cinco anos, a ser atualizado no período. A aprovação da venda será tema de assembleia de acionistas no último dia de novembro. Os contratos têm vigência de 20 anos com prazos de encerramento, contados a partir de 2016, entre 9 e 15 anos e estabelecem tarifas entre R$ 1,38 e R$ 2,40 por milhão de BTU, aplicáveis ao ano de 2016

Na negociação feita entre as partes,  prevê que a Transpetro continuará responsável pela operação e manutenção dos ativos que compõem o sistema de transporte, a partir de um novo contrato de longo prazo, a ser firmado na data de fechamento. A operação contempla a continuidade da capacidade e dos termos atualmente contratados pela Petrobrás, através de cinco acordos de transporte de gás – Gas Transportation Agreements – na modalidade firme, com obrigação de ship-or-pay de 100%, que totalizam 158,2 milhões de m³ por dia, ou 5.901.390 milhões de BTU/dia.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: