Chevron recorre de multa do Ibama

Apesar de a fonte do vazamento ter sido contida desde o dia 13 de novembro, continua a haver escapamento residual de óleo. Atualmente, equipamentos de contenção fabricados pela própria Chevron para o acidente recolhem bolhas de óleo que escapam das fissuras. A empresa estima que a mancha no local seja apenas da ordem de 19 litros.

A Chevron explicou que, na defesa apresentada ao Ibama, buscou “esclarecer a sua posição em relação aos seus direitos garantidos por lei e aos aspectos técnicos relevantes, a fim de estabelecer os fatos de maneira correta”.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort