Chávez diz que a refinaria Abreu e Lima funcionará em 2014

A refinaria faz parte do plano de investimentos da Petrobras, mas sofreu vários atrasos em seu cronograma até aqui.

“À medida que o projeto segue, estamos solucionando problemas que vocês conhecem. Entrará em atividade em 2014, falta pouco. E o processamento será de 230 mil barris diários”, afirmou Chávez após participar de almoço com os presidentes Cristina Kirchner (Argentina), José Mujica (Uruguai) e Dilma Rousseff no Itamaraty.

Questionado se a Venezuela vai promover investimentos nas obras da refinaria, Chávez assegurou que o governo venezuelano já “está fazendo”.

MERCOSUL

Hugo Chávez também destacou a entrada da Venezuela no Mercosul e citou a exportação de petróleo para os países do bloco — inclusive o Brasil — como uma das relações comerciais que pretende explorar. “Nós queremos enviar mais petróleo porque estamos incrementando a produção de petróleo”, afirmou.

De acordo com Chávez, a presidente Dilma disse aos presidentes do Mercosul que a entrada da Venezuela representa um salto “para cima” e “para frente”.

Hugo Chávez garantiu que seu país terá um papel forte em promover investimentos no Uruguai, na Argentina e no Brasil. “Se abrem as portas do Mercosul para incrementar os investimentos até onde pudermos. Esse é o papel ativo que a Venezuela está fazendo e vai seguir conduzindo no Mercosul”.

ELEIÇÕES

Sobre seu desempenho em sua nova candidatura à presidência da Venezuela, Chávez respondeu: “Será um nocaute fulminante”.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort